Pilates na reabilitação pós Covid-19

 Por: Dayani Nunes da Silva | Fisioterapeuta SESI-SP | CREFITO: 132776-F
03/08/202116:15- atualizado às 08:35 em 04/08/2021

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus denominado SARS-CoV-2. Aproximadamente 80% dos pacientes podem ser assintomáticos, 20% requer de assistência hospitalar e 5% necessitam de suporte ventilatório. Os sintomas mais frequentes são: tosse, dor de garganta, perda de olfato e paladar, febre, mialgia, fraqueza, podendo haver sinais de piora como, dificuldade respiratória, baixa saturação entre outros. A transmissão pode ocorrer principalmente por contato direto (aperto de mão), por gotículas (tosse ou espirro) ou aerossol (gotículas suspensas no ar), por isso a importância do distanciamento social, higienização das mãos, uso de máscaras, limpeza e desinfecção de ambiente, isolamento de casos suspeitos e confirmados. 

O momento é delicado e se tornou um grande desafio para o sistema de saúde. Hoje o Brasil já passou da marca dos 10 milhões de infectados e mais de 200 mil mortes confirmadas, sendo um ano difícil para todos. Contudo, os profissionais da saúde, dentre eles, médicos, psicólogos, nutricionistas, enfermeiros, educadores físicos, etc... terão grande responsabilidade para contribuir não somente na linha de frente e sim, com estratégias para trabalhar com as sequelas pós Covid-19. O papel do fisioterapeuta, não é diferente, se faz fundamental na reabilitação motora, funcional e respiratória.  

Entre as possibilidade de tratamento fisioterápico, o pilates também se destaca. Você já conhece o método pilates? Você sabia que o método Pilates também pode auxiliar na reabilitação pós-covid? Sim! Esse método de uma forma geral contribui para o aumento da resistência física, tonifica a musculatura, aumento da flexibilidade, melhora a postura, diminui estresse e ansiedade, promove bem estar físico, relaxamento e principalmente ajuda a melhorar a respiração por consequência do uso correto do músculo principal respiratório, o diafragma, ocorre a mobilidade da caixa torácica aumentando a capacidade de oxigenação de todo o corpo. Quer sabe mais? Procure uma profissional fisioterapeuta habilitado e cuide de sua saúde.  

Referência 

 

Leia também