APRENDIZADOS DA CRISE - QUAL O LEGADO PARA A QUALIDADE DE VIDA APÓS A IMUNIZAÇÃO?

A epidemia global transformou o planeta e fomos forçados a modificar nosso modo de viver. Novos hábitos precisaram ser adquiridos e muitas coisas precisaram ser adaptadas. O que fica de lição de um dos momentos mais críticos da história?

 Por: SESI Cotia
13/07/202109:00- atualizado às 09:00 em 13/07/2021

Saúde física 

Não é nenhuma surpresa que uma crise de saúde pública faça as pessoas se preocuparem ainda mais com a própria saúde. Atualmente o que não falta são dicas de como aumentar a imunidade com produtos e suplementos, dicas de atividades físicas e alimentação na internet. Apesar da importância de redobrar a atenção com a saúde agora, ninguém ficará mais saudável da noite para o dia. A princípio, valorizar situações simples como ter uma alimentação equilibrada, dormir bem e praticar exercícios o ano inteiro, são hábitos que qualquer pessoa pode monitorar antes de partir para novas práticas. 

Antes da pandemia, os números de obesidade no Brasil vinham aumentando mesmo com a população adquirindo hábitos mais saudáveis. Hoje em dia, havendo a necessidade de cumprir o isolamento social (com academias, parques e outros lugares para se realizar a prática de exercícios físicos com uso restrito) é assustador pensar no aumento que esta taxa terá após a pandemia. Começar a fazer um planejamento semanal incluindo alguma atividade física no cronograma é o pontapé inicial para começar um novo hábito. Pesquise as atividades que você se identifica mais próximas do seu trabalho e residência e inicie os estudos para enfim, iniciar. 

 

Há males que vem para bem?  

É possível encontrarmos o lado bom das coisas? Um olhar otimista é fundamental para superar os momentos difíceis. 

O chamado home office chegou com tudo e se tornou a solução para várias empresas permanecerem com as portas abertas. E com ele as pessoas passaram a ter mais tempo em casa com seus familiares. 

Tivemos também uma valorização muito grande dos serviços considerados essenciais (profissionais da saúde, professores, cientistas, entre outros.) Enquanto tentamos nos adaptar à uma nova realidade em meio à pandemia, percebemos que esse pode ser um momento decisivo para cultivarmos hábitos mais conscientes. Valorizar os detalhes que antes não eram tão observados, a importância de coisas que antes, longe da nossa atenção, passaram a ser saudosos com a vinda do distanciamento. Além disso, perceber conscientemente a importância de alguns profissionais e serviços, do entregador que passou a ser essencial aos médicos que sacrificaram seu bem-estar para se expor ao risco e salvar vidas. 

 

Outra pandemia  

Embora de natureza diferente, o mundo convive com outra pandemia há vários anos, a pandemia da inatividade física e do comportamento sedentário. A saúde tão percebida nesses últimos meses precisa começar a ser vista de um outro ponto de vista. É melhor cuidar preventivamente do que tratando de doenças. É a hora de rever velhos hábitos junto a reabertura do mercado e a expansão da imunização. 

 

Saúde mental 

Além do impacto da própria doença (Covid-19) ao organismo, precisamos conhecer as consequências sociais, políticas, econômicas e culturais da pandemia. As restrições da quarentena fizeram muitos trabalhadores informais ficarem sem fonte de trabalho e renda. Além disso, de uma hora para outra, todas as pessoas foram obrigadas a se isolar em casa e a deixar de se encontrar, se reunir, se abraçar, tendo o convívio social totalmente abalado. Junto a tudo isso, a chegada da preocupação e do medo com as incertezas do futuro.  

Sabemos que praticar exercícios é importante para além do corpo, pois ajuda a diminuir o estresse, a ansiedade, a tensão e faz as pessoas se sentirem bem. Ainda assim, a falta de disciplina e cultura saudável ainda impedem muitos a iniciarem.  

                       

Aprendizados da pandemia  

Um vírus que já fez milhões de vítimas pelo mundo, certamente fez com que nos sentíssemos inseguros, gerando uma preocupação constante com relação à nossa saúde e a de nossos entes queridos. O real aprendizado advindo com a pandemia é valorizar mais a vida e nos mostrou que toda crise é uma oportunidade de evoluir e crescer. 

O SESI Cotia se apresenta a comunidade em geral como uma oportunidade nesse momento de reabertura gradual imposto pelas quarentenas. O Clube da Melhor Idade surge com a proposta de atender a um dos maiores impactados, retomando aos poucos e com todo o cuidado o convívio social sem custos adicionais aos nossos clientes. Também pensando em auxiliar e encorajar pessoas buscando hábitos mais saudáveis, nossa Academia em 2021 vem praticando preços mais acessíveis em um espaço amplo e seguro, adaptando os equipamentos em nosso ginásio com todas as condições sanitárias atendidas. Temos a certeza de que aqui é o local correto para que você possa colocar em prática todo o legado e aprendizado que a pandemia trouxe sobre a sua saúde e bem estar. Estamos te esperando! 

 

Para saber mais sobre o Clube da Melhor Idade, clique aqui 

Para saber mais sobre a Academia do SESI Cotia, clique aqui 

Para mais informações pelo nosso WhatsApp, clique aqui  

Leia também